Pedro Flor

Doutorado em História da Arte Moderna pela Universidade Aberta em 2006, com a tese intitulada “A Arte do Retrato em Portugal – entre o fim da Idade Média e o Renascimento” (Assírio & Alvim 2010; Prémio de Cultura da Sociedade de Geografia de Lisboa 2012). Desde 1998, lecciona várias unidades curriculares na área da História da Arte e da Museologia nos Cursos de 1º, 2º e 3º Ciclos de História, especialidade Estudos do Património (área de História da Arte) na Universidade Aberta. Colabora também em actividade docente com o Departamento de História da Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É sub-director e investigador integrado do Instituto de História da Arte desta Faculdade, onde coordena o grupo de investigação “Estudos de Lisboa”. Foi investigador responsável dos projectos intitulados “Lisbon in Tiles before the 1755 earthquake” (PTDC/EAT-EAT/099180/2008)   e “ROBBIANA – The Della Robbia Sculptures in Portugal: History, Art and Laboratory” (PTDC/HIS-HEC/116742/2010), ambos aprovados para financiamento pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. É investigador do projecto “COPIMONARCH – La Copia Pictórica en la Monarquía Hispánica (siglos XVI-XVIII) (HAR2014-52061), coordenado por David García Cueto da Universidade de Granada. Tem desenvolvido diversos trabalhos de investigação no âmbito da arte da Época Moderna e dos Estudos Olisiponenses, participando em encontros de carácter científico nacionais e internacionais e publicando variados artigos sobre a área de especialidade. É Académico Correspondente da Academia Portuguesa da História. É actualmente o Presidente da Associação Portuguesa de Historiadores da Arte.

Buscar en OpenEdition Search

Se le redirigirá a OpenEdition Search